DA INTEGRAÇÃO À INCLUSÃO

A ThoughtWorks tem orgulho de ser uma empresa que preza pela igualdade de oportunidades. Todas as pessoas que se candidatam são consideradas para todas as vagas, sem distinção de raça, cor, religião, gênero e identidade de gênero, nacionalidade, deficiência, orientação sexual, ascendência ou idade.

Trabalhamos ativamente para a inclusão de pessoas com deficiência em nossos escritórios, construindo soluções adaptativas coletivamente. 

Confira as vagas abertas na nossa página de carreiras.

Ou envie seu currículo para: [email protected]

Nada sobre nós, sem nós

(Lema estabelecido na Convenção da ONU sobre o Direito das Pessoas com Deficiência: nenhuma ação ou resultado a respeito das pessoas com deficiência haverá de ser gerado sem a plena participação das próprias pessoas com deficiência) 

"Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas." (Artigo 1 da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência)


“Pessoas com Deficiência” - O termo faz parte do texto da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, adotada pela Assembleia Geral da ONU em 2006 e ratificada no Brasil em julho de 2008.

Quais são os tipos de deficiência?
Existem hoje seis categorias de deficiência. Dentro delas se enquadram diversos tipos de deficiências.

Deficiência Física
Engloba vários tipos de limitações motoras, como paraplegia, tetraplegia, paralisia cerebral, ostomias, nanismo e má formação congênita, amputação e/ou ausência de membros e outros.

Não se enquadram como deficiências físicas aquelas que não produzem dificuldades para o desempenho de funções.

Deficiência Visual
- Cegueira: Acuidade visual menor ou igual a 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica.

- Baixa visão: Acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica.
- Somatória da medida do campo visual em ambos os olhos igual ou menor que 60º.

Deficiência Auditiva
Perda bilateral, parcial ou total, de 41 decibéis ou mais, aferida por audiograma nas frequências de  500hz, 1000hz, 2000hz e 3000hz.

Deficiência Intelectual
Funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestações antes dos 18 anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação, cuidados pessoais, habilidades sociais, utilização de recursos da comunidade, saúde e segurança, habilidades acadêmicas, lazer e trabalho. 

Deficiência Psicossocial
Esquizofrenia; transtorno do espectro autista; outras psicoses; outras limitações psicossociais

Deficiência Múltipla
Associação de duas ou mais deficiências

Pessoas reabilitadas
Pessoas que passaram por processo para possibilitar que adquiram, a partir da identificação de suas potencialidades laborativas, o nível suficiente de desenvolvimento profissional para reingresso no mercado de trabalho e participação na vida comunitária (Decreto nº 3.298/99, art. 31).

A reabilitação torna a pessoa novamente capaz de desempenhar suas funções ou outras diferentes das que exercia, se estas forem adequadas e compatíveis com a sua limitação adquirida.

Como é feita a comprovação da deficiência?
A condição de pessoa com deficiência pode ser comprovada por meio de:

- Laudo médico, que pode ser emitido por médico do trabalho da empresa ou outro médico, atestando enquadramento legal da pessoa empregada para integrar a cota. O laudo deverá especificar o tipo de deficiência e ter autorização expressa da pessoa empregada para utilização da mesma pela empresa, tornando pública a sua condição; assinatura da pessoa profissional de nível superior da área da saúde  / nº de inscrição no conselho regional de fiscalização /especialidade é imprescindível.
  • Deficiência física: limitações funcionais e alterações anatômicas devem ser especificadas no laudo médico;
  • Deficiência Intelectual - Anexar laudo neurológico, psiquiátrico ou psicológico ou de outro profissional de nível superior da área da saúde habilitado nessa deficiência;
  • Deficiência Visual: deve ser anexado exame de acuidade visual recente/laudo oftalmológico, informando o percentual de visão em cada olho com a melhor correção e/ou a porcentagem de campo visual de ambos os olhos;
  • Deficiência Psicossocial – Anexar laudo psiquiátrico, psicológico ou de outro profissional de nível superior da área da saúde habilitado nessa deficiência. Informar a CID e descrever limitações funcionais na vida diária e social, se há outras doenças associadas e data de inicio de manifestação da doença;
  • Deficiência Auditiva: deve ser anexada audiometria recente;
  • Pessoas reabilitadas: Certificado de reabilitação profissional emitido pelo INSS.
Caso o preenchimento não corresponda ao solicitado, o laudo deverá ser refeito. Os casos não tipificados serão analisados em suas particularidades com base nos conceitos da CIF (Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde da OMS).

Você pode gostar disso

http://www.thoughtworks.com/pt/insights

TESTE

 Insights blog de career hacks

Body Copy

Enter URL here

Product

Title

Body Copy

Enter URL here

Product

Title

Body Copy

Add the language code in the rich text field below. Valid language codes are:
en (default English), es (Spanish), pt (Portuguese), de (German), cn (Chinese).
This text will be removed automatically. 

pt